couro

Aqui apresentaremos dados técnicos de nossa principal matéria prima, o couro. Do lado direito temos laudo técnico de um de nossos principais fornecedores. Nele constam as principais características de um material de qualidade.

O couro é um material utilizado em diversos seguimentos, como:

- Móveis,
- Acessórios,
- Roupas e outros produtos.

Para cada seguimento possui padrões de qualidade e resistência. O couro utilizado para revestimento automotivo deve atender os mais rígidos padrões de resistência, umidade e elasticidade (devido ao atrito diário que será submetido) e permanência sob raios solares.

Caso não seja utilizado couro de qualidade superior, em curtíssimo prazo de tempo graves problemas podem ocorrer, como vidros embaçados ao acionar o ar condicionado, desbotamento do couro e outras situações incômodas para motorista e passageiros.

- Produtos que enganam:

Para diminuir custos, algumas empresas utilizam produtos plásticos ou sintéticos em algumas partes do revestimento (sem sequer obter autorização do cliente). A mistura do material sintético com o couro natural diminui a qualidade final do produto.

A “raspa" (subproduto feito com restos de couro) aparece em muitas definições de produto como couro natural. Na verdade, é um produto de baixa resistência e qualidade duvidosa. E o principal: não é próprio para ser utilizado em acessórios automotivos. É um claro exemplo de que nem tudo que parece couro é realmente couro.



Resultado dos testes realizados com nossa matéria-prima:


01. Peso por superfície: 600-950 g/m² 720

02. Espessura conforme DIN 53326 1.0 - 1,1-16%

03. Teor de água conforme DIN 53304 14% - 11-16%

04. Resistência à tração conforme DIN 53328/IUP 6
a) Ao longo: > 900 N/cm² Paralelo 1.134
b) Transversal: > 900 N/cm² Perpendicular 1.046

05. Máxima força de tração conforme DIN 53328
a) Ao longo: min. 130 N Paralelo 182
b) Transversal: min. 130 N Perpendicular 1.046

06. Distensão até o rompimento transversal:
40-70% 52%

07. Força de rasgamento continuado conforme DIN 53328-IUP8
a) Ao longo: min. 20 N 62
b) Transversal: min. 20 N 97

08. Resistência ao calor conforme DIN 54001/IUP 8
a) Teste visual: 144h a 100ºc: máximo grau 4 Aprovado
b) Teste de dobras: 72h a 80º: sem fissuras Aprovado

09. Resistência ao frio: 2 horas a - 40ºc
a) Teste de flexão: sem fissuras Aprovado
b) Teste de dobras: sem fissuras Aprovado

10. Resistência a fricção (TABER TESTE)
10.1. 300 ciclos de fricção a seco Aprovado

10.2. 1000 ciclos de fricção molhado
a) amostra: no mínimo grau 4-5 5
b)feltro: no mínimo grau 4-5 4

10.3.1. Alcalino (ph 8)
a) amostra: no mínimo grau 4-5 4
b) feltro: no mínimo grau 4-5 4

10.3.2. Ácido (ph 5,5)
a) amostra: no mínimo grau 4-5 5
b) feltro: no mínimo grau 4-5 4

10.3. 500 ciclos de fricção molhado
amostra: no mínimo grau 4-5 4

11. Teste de odor: armazenamento: 24 horas 80º
C: sem cheiro agradável Aprovado

12. Capacidade de limpeza com benzina delavagem me produto de limpeza Aprovado

13. Resistência à luz quente conforme DIN 75 202: tipo de resistência no mínimo 6-7 7

14. Comportamento de queima conforma DIN 75200, velocidade De queima, no mínimo 100 mm/min Aprovado